Agência Alagoas

Secretaria de Estado da Comunicação
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2016 / 02 / Projeto ICMS Educação é bem aceito pela Associação dos Municípios
29/02/2016 16h02 - Atualizado em 29/02/2016 16h37
Fomento

Projeto ICMS Educação é bem aceito pela Associação dos Municípios

Presidente da AMA, Marcelo Beltrão, diz que redistribuir 10% do ICMS aos municípios com melhor Ideb incentiva as prefeituras
Barbosa deixou claro que a intenção do Estado é incentivar as prefeituras a buscarem índices melhores. (Foto: Valdir Rocha)

Texto: Fabiana De Mutiis

Foto: Valdir Rocha

 

O projeto ICMS Educação, apresentado nesta segunda-feira (29), à Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), foi bem aceito pelo presidente Marcelo Beltrão e demais prefeitos e secretários municipais de educação. A proposta é redistribuir 10% dos 25% do ICMS que são revertidos para os municípios que obtiverem melhores resultados no Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica].

 

"A exemplo do Estado do Ceará queremos incentivar as prefeituras a investirem mais em Educação. Os municípios alagoanos detém 95% do Ensino Fundamental e sabemos que para melhorar os nossos índices precisamos unir esforços", ressalta o secretário Luciano Barbosa.

 

O presidente da AMA e prefeito de Jequiá, Marcelo Beltrão, recebeu o projeto como um alento. "É uma proposta muito bem-vinda que foi bastante discutida aqui com os prefeitos e a gente só espera que incentive cada vez mais para que Alagoas tenha melhores índices na educação", afirmou Beltrão.

 

 

A Secretaria da Educação enviará em breve o projeto para votação da Assembleia Legislativa, que durante a apresentação na AMA, foi representada pela deputada Jó Pereira. Aprovado, o ICMS Educação só poderá vigorar em 2017. E o cálculo levará em conta as duas últimas avaliações do Ideb, no caso, do anos de 2013 e 2015.

 

A melhoria virá a médio e longo prazo. "Mesmo os municípios que consigam uma boa nota no Ideb, ele não deixará de ser contemplado porque vamos levar em conta a evolução dos dois últimos resultados do Ideb", explicou o secretário da Educação.

 

 

 

Além do projeto do ICMS Educação, a Seduc criou o Prêmio Professor Ib Gatto Falcão. Serão 204 prêmios no valor de R$ 10 mil para escolas de todos os municípios. O critério de premiação será o mesmo cálculo do ICMS Educação, no entanto, quem receberá o prêmio é a escola com o melhor Ideb e não, o município.

 

Serão dois prêmios por município: um para a escola com melhor índice nos anos iniciais e outro para anos finais. A mesma escola poderá receber dois prêmios, caso tenha os melhores resultados nas duas categorias.

registrado em:
Governo do Estado de Alagoas

(82) 3315.3614
(82) 3315.3615

Rua Cincinato Pinto, 193
Centro
Maceió-Alagoas
agenciaalagoas@gmail.com

© 2014 Secretaria de Estado da Comunicação